curso de Jogos reconhece os melhores trabalhos do semestre

Voltar para Notícias

Ao instituir o “Prêmio Huizinga”, em homenagem a um dos principais autores que deram origem às linhas de pesquisa em jogos e ludicidade (Johan Huizinga), o CST em Jogos Digitais reconhece os melhores trabalhos práticos desenvolvidos no semestre. Nesta versão de estréia os premiados foram escolhidos por banca composta por professores do curso, que levaram em consideração a adequação do trabalho apresentado segundo o tema proposto, além dos aspectos de ludicidade, sonorização, arte e apresentação.

MUSEU NAIFERNAL – Produzido por alunos do 1º semestre, o jogo é ambientado em um museu com exposição de quadros Naif. O jogador vive a experiência de um visitante do museu que tem que combater fantasmas e outras entidades que saem dos quadros. O destaque desta produção fica para a sonorização e o aspecto visual empregados.

naifernal

Autores: Carolina Toshio, Daniel Trindade, Diogo Marques, Henrique Andrade e Renan Desidério.

 

O FLAUTISTA DE HAMILIN – Produzido por alunos do 4º semestre, a produção se destaca pelo desenvolvimento acertado de uma narrativa constituída por três atos. Focado no ato 1, os autores apresentam uma delicada experiência ao observador, utilizando aspecto visual e sonoro inovadores, que remetem à arte em pincel.

trab4sem

Autores: Andressa Regina, Diogo Prestes e Raphael Leite.